quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Canadá abandona Quioto

 

Foto_SICNotícias

De forma surpreendente o Governo do Canadá abandona o protocolo de Quioto que havia assinado, juntamente com outros países, em 1997 e que se destina a controlar as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera. Inclusivamente o Canadá retificou o protocolo em 2002 onde os países desenvolvidos se comprometeram  a lançar para a atmosfera em 2012 menos 6% de dióxido de carbono que lançaram em 1990.

A recente cimeira de Durban eliminou, e bem, a diferença entre países desenvolvidos e não desenvolvidos, para novos acordos sobre alterações climáticas nos próximos anos.

O argumento do Canadá é simples: não faz sentido cumprir um protocolo a que os dois maiores poluidores (China e EUA) ainda não assinaram (ver quadro).

Não deixa de haver uma certa razão, se bem que os compromissos são para serem cumpridos e os vários países que o assinaram fizeram-no também como forma de pressão em relação aos que não o assinaram.

maiores emissores CO2 quadro

Hilariante é a crítica do governo chinês à decisão canadiana. Logo eles que não assinaram Quioto…

Sem comentários: