terça-feira, 31 de agosto de 2010

Cartoon

 

27-8-10flat

António Jorge Gonçalves. TOON publicado no Público.

página de AJG

Imparável

 dilma-rousseff

Dilma Rousseff parece imparável para substituir Lula da Silva após as eleições de Outubro. Partindo atrás de José Serra (político brasileiro que muito admiro) as últimas sondagens admitem a vitória da candidata na primeira volta.

Paulo WhitakerReuter

Foto_Paulo Whitaker_Reuters

Que o Brasil levou uma grande volta (apesar dos costumeiros escândalos) é um facto. E é à boleia dessa “volta” que Lula promoveu, que Dilma se vem afirmando.

Extraordinário é o facto de - ao contrário do que é costume - o nº1 dá espaço e apoia o nº 2…

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Ocidente - I

 

Time 9 de Agosto

A capa de uma das edições da Time deste mês, cuja imagem se reproduz, fala por si. Mostra-nos o rosto desfigurado de uma menina afegã de 19 anos cujo pecado foi ter fugido aos maus tratos do marido. Por retaliação o “homem” que a comprou cortou-lhe o nariz e as orelhas tendo-a abandonado numa montanha para a deixar morrer em sofrimento. Foi resgatada à sua sorte e afortunadamente acolhida num refúgio secreto para mulheres afegãs maltratadas. A opinião pública americana interessou-se de tal forma por este caso que viajou para os Estados Unidos da América (EUA) para uma reconstrução cirúrgica. A sua irmã de dez anos também foi vendida ao mesmo marido e permanece numa obscura aldeia afegã que assistiu em silêncio àquele acto bárbaro. Na província de Kuduz, no norte do Afeganistão, surgiram recentemente relatos de uma lapidação até à morte de dois jovens que mantinham uma relação adúltera. Os taliban obrigaram toda a aldeia a assistir ao massacre, para que este servisse de exemplo.

Abusos sobre os mais fracos e indefesos há-os em todo o lado. Alguns deles têm a pretensão de se justificarem por uma moral qualquer. A grande diferença está nas sociedades que punem e condenam esses abusos e nas outras que os toleram.

A nossa sociedade ocidental é um exemplo. Apesar da tendência masoquista que todos temos para encontrar e ampliar os defeitos da sociedade em que vivemos, o respeito pela liberdade e individualidade dos seus cidadãos é um valor fundamental que, a espaços, com maior ou menor gravidade, se perde para seguidamente se reconquistar. Pelo menos até agora.

Ocidente - II

“(…)Se as democracias ocidentais se unirem no estrito respeito da Carta das Nações Unidas, a sua influência na disseminação destes princípios será imensa e ninguém será capaz de as incomodar. Mas se elas estiverem divididas, se faltarem ao seu dever e se deixarem passar estes anos tão importantes, então efectivamente arriscamo-nos a que uma catástrofe se abata sobre todos nós (…)”

Winston Churchill. Westminster College.. 5 de Março de 1946.

 

Potrait_of_Sir_Winston_Churchill

A democracia, marca indelével do ocidente, não é de forma alguma um dogma, é uma conquista que necessita, dia a dia, do empenhamento de todos. É um work in progress na expressão de língua inglesa, ou seja, é algo que se vai construindo, algo que nunca é adquirido mas continuamente conquistado.

Na Europa e nos EUA de hoje, a braços com tremendos problemas sociais e económicos é premente que os povos percebam e sintam que a democracia é o valor fundamental a defender. Que esses mesmos povos não confundam a democracia com o sistema político que, por vezes, produz gente sem escrúpulos. O remédio para esses males é a própria democracia e nunca o totalitarismo.

Os inimigos da sociedade aberta continuam vivos e activos. A esquerda ressabiada com a queda do Muro de Berlim continua em permanente frenesi contra os capitalistas e a globalização. A direita saudosista dos homens providenciais continua a ver no multiculturalismo, que distingue o ocidente, o germe de todos os males. A uns e a outros a liberdade incomoda. Para uns e para outros o Estado não deve ser o árbitro mas o único jogador e a ordem colectiva deve sobrepor-se à liberdade individual.

Fala-se, e com razão, de que faltam líderes. Não podemos ter sempre a sorte de ter gente com a visão e a inteligência de um Churchill (que foi citado nesta crónica), mas deveríamos ter algo melhor do que os actuais líderes europeus. No entanto é necessário que todos nos interessemos um pouco mais sobre a coisa pública e que consigamos ver para além da aparência.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Os maiores

 

Os Galactic são mesmo bons!

ya-ka-may é o verão de New Orleans. E é perfeito.

Heart of Steel é cantado, no álbum, por uma incrível Irma Thomas.

Neste vídeo a fasquia não baixa (com Cyril Neville)…

 

 

 

 

photo2010

 

Stanton Moore – Drums
Robert Mercurio – Bass
Ben Ellman – saxophone, harmonica
Richard Vogel – Keyboard
Jeff Raines – Guitar

 

Para já andam na América. Quando for cá tenho que ir ver … nem que seja Dezembro…

sábado, 14 de agosto de 2010

A era dourada do Jazz

 

A Biblioteca do Congresso Norte-Americano não faz “caixinhas”: disponibilizou no Flickr um conjunto notável de fotografias de William Gottlieb.

 

1

Portrait of Shelly Manne, Bob Cooper, Art Pepper, and Bob Gioga, 1947 or 1948

2 Portrait of Howard McGhee and Miles Davis, New York, N.Y., ca. Sept. 1947

3

Portrait of Leadbelly, National Press Club, Washington, D.C., between 1938 and 1948

4 Portrait of Gene Krupa, 400 Restaurant, New York, N.Y., ca. June 1946

5

Portrait of Carl Kress, New York, N.Y., ca. June 1947

6

Portrait of the Stan Kenton Orchestra, 1947 or 1948

7

Portrait of Milt (Milton) Jackson and Ray Brown, New York, N.Y., between 1946 and 1948

 

  16

Dancers in a jazz club, Washington, D.C., between 1938 and 1948

 

 

Em Portugal disponibilizar o material que é pago e conservado com os nossos impostos é impossível. Ou se é de Lisboa …

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Não vejo, não ouço, não falo de Agosto

 

s320x240

Não vejo

reutersFoto_Reuters

Não ouço

 

candida almeida

 

 

Não falo (ou melhor, não deveria falar)

images

Tinha que meter o Queirós, tinha de ser.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Inevitável

0000168074

O genial José Mourinho tem este ano uma tarefa (praticamente) impossível. A jogar contra uma das melhores máquinas de futebol que alguma vez vi (o Barcelona) não me parece que os craques do Real tenham quaisquer hipóteses.

Aliás foi o Barcelona que (ironia das ironias) deu o Campeonato do Mundo à Espanha.

Por isso espera-se de Mourinho muito jogo fora do campo. Muita polémica, muita palhaçada, muita tensão. O futebol também é isso…

 

Foto_Reuters

domingo, 8 de agosto de 2010

Classe

renoir

A Grande Ilusão de Jean Renoir (1937) é um manifesto. Um manifesto de classe, de paz e de futuro.

 

grand-illusion-11

Numa Europa à beira da guerra Renoir pinta uma deliciosa ilusão.

grande_illusion

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Simplicidade

 

Bobby Web o compositor de Sunny:

O feliz tema por Marvin Gaye:

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Fora de água

montagem-com-o-cineasta-woody-allen-e-a-atriz-carla-bruni-1278436694629_560x400

O homem não deve ter culpa … mas porem-no a filmar fora de Nova Iorque dá sempre mau resultado.

Vicky Cristina Barcelona ou Match Point são dispensáveis, agora virá mais um: Midnight in Paris para 2011 com a belíssima Bruni.

Para quando outra (preci)ociosidade ao nível de Wathever Works ?

Uaauu

Filipe casaca i “ Dois arquitectos da CML foram condenados pelo Tribunal Criminal de Lisboa ao pagamento de uma multa de 1080 euros pela prática de abuso de poder. Isto por terem aprovado o licenciamento de um prédio contra as regras do PDM da capital.

Trata-se da primeira condenação obtida pela Equipa Especial de Investigação à Câmara de Lisboa, liderada pela procuradora-geral adjunta Maria José Morgado e criada pelo procurador-geral em Julho de 2007”

Sol 30 de Julho de 2010

 

Bem vistas as coisas são 2160€. E eu sempre tão céptico com a Justiça portuguesa e a gente que a lidera.

Mea culpa.

Foto_FilipeCasaca (i)