quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Rita

YCAPA

Sangue do meu sangue é, efectivamente, um grande filme. Por vezes a crítica é demasiado generosa com o cinema nacional, mas neste caso é mais do que merecida a aclamação.

sangue-do-meu-sangue_1

E … Rita Blanco é absolutamente enorme, sem qualquer ponta de overacting, enorme enorme. Por vezes chega a parecer que estamos no filme, que a conhecemos.

(Aliás o elenco na fotografia é todo ele muito bom)

Este 2011 vai ficar para sempre na minha memória cinéfila: duas obras primas nacionais, este filme o o Filme do Desassossego de João Botelho. O que se pode querer mais?

Sem comentários: