quinta-feira, 21 de agosto de 2014

O eterno retorno




Começou ontem Paredes de Coura e já poderia, até, ter acabado... apesar do excelente cartaz deste ano prometer ainda muito.

Janelle Monáe é um encanto absoluto. Uma menina poderosa. Uma electric lady perfeita.


À parte disso a energia contagiante dos Cage the Elefant e a elegância eletrónica de uns senhores que se dão pelo nome de Public Service Broadcasting.



Spitfire é um vício.




Paredes de Coura deve ser dos poucos festivais de música em que mais de metade dos "clientes" estão a prestar, efetivamente, atenção à música. Sempre assim o foi.

Fotos: Rita Carmo do Blitz (Janelle) e minha (PBS).


Sem comentários: