sábado, 19 de fevereiro de 2011

A rainha mãe






Às vezes é bom ler as críticas e levá-las a sério. Esperava por via disso, do filme O Discurso do Rei, uma obra limpinha e arrumadinha, sem nada de particularmente excitante. Enganei-me.







O filme é bem melhor: uma história notável e três magníficas interpretações. A Helena Bonham Carter surpreendeu-me imenso, saindo fora - muito fora - das personagens extremas e abonecadas do Tim Burton.





E depois há sempre aquela coragem britânica ... que me comove.

Sem comentários: