sábado, 11 de junho de 2011

Do melhor

k1

Kubrick regressa pela mão da Cinemateca Francesa e é o destaque da Ípsilon.

Raros são os realizadores que me deixaram a sensação de “todos diferentes, todos iguais” em relação à sua cinematografia.

 

kubrick2

 

 

Barry Lyndon x 2001: Odisseia no espaço, Lolita x Shining, ou o belíssimo De olhos bem fechados x Spartacus, Dr.Estranhoamor x Laranja Mecânica são confrontos entre coisas absolutamente diversa cuja ligação é o génio cinematográfico e a estética absoluta.

Sem comentários: