sexta-feira, 1 de julho de 2011

Ovo de Álvaro

6413968_2P3aw

É intenção do Ministro da Economia que os grandes investimentos do Estado, nomeadamente as desgraçadas parcerias público-privadas, passem pelo Tribunal de Contas antes – e não depois – de assinados os acordos.

O visto prévio é uma maneira de gerir as coisas com a cabeça e não com os pés. Pois os chumbos do Tribunal de Contas têm dado, inevitavelmente, chorudas indemnizações onde o dinheiro dos portugueses se perde.

Sem comentários: