quarta-feira, 13 de julho de 2011

Princípios

 

1308977996538 Foto:Yves Herman / Reuters-Landov

Recebi com incontida satisfação as dificuldades que países como a Itália e a Espanha estão a ter, a seguir às desgraças de Portugal, Irlanda e da Grécia.

E não a recebi assim por cinismo. Recebi bem a notícia pois as dificuldades das grandes economias (só a Itália, por quem tanto simpatizo, representa 1/4 da divida soberana da UE, se assim a pudemos designar) podem levar a que se abandone a política do “cada um por si”.

Tenho a esperança que a política baseada no oportunismo individual seja substituída pela política dos princípios de supranacionalidade, solidariedade e paz que homens como Shuman, Adenauer ou Monet foram inculcando na então CEE.

Sem comentários: