quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Imaginação

hulk

A história do Porto-Machester City jogado a passada semana no Dragão é já das boas e recentes histórias do desporto.

Para quem não sabe:

Durante o jogo um avançado negro do City (Mario Balotelli) foi insultado por adeptos portistas com a sucessão de gritos u-u-u-u-u-u sempre que tocava na bola, pretendendo imitar os gritos de um macaco. Este comportamento é tão anormal como muitos outros que são frequentes nos jogos de futebol em todos os campos. No entanto o “politicamente correto” tem levado a uma vigilância apertada sobre os insultos racistas em particular.

Posto isto a UEFA abriu um inquérito que pode levar o Porto, inclusivamente, a sair da competição (por outras vias que não a desportiva que está prestes a acontecer).

Percebendo a gravidade da situação a habitual imaginação portista cozinhou uma conferência de imprensa magnífica: o treinador do Porto e o seu avançado Hulk juraram que aquilo que os adeptos gritavam foi Hulk-Hulk-Hulk.

Pena que em inglês o som do “u” não se pronuncia.

Mas valeu a imaginação.

1 comentário:

Tiago Pinto disse...

E muita pouca coisa de explicação?