sábado, 11 de fevereiro de 2012

Motor city Detroit

O anúncio da Chryseler marcou o intervalo da Super Bowl. Narrado e interpretado pelo “republicano” Clint Eastwood este spot foi visto como um apoio a Obama depois deste ter posto a “cabeça no cepo” para salvar a indústria automóvel americana – agora em recuperação – tão bem presa no coração de Walt Kowalsky (a personagem de Clint Eastwood nesse imenso Gran Torino).

Polémica é o que não faltou à volta deste magnífico anúncio: o segundo tempo da indústria automóvel ou o segundo tempo de Obama?

Talvez dos dois.

Sem comentários: