terça-feira, 30 de abril de 2013

Caça


O cinema tem ainda a estranha capacidade de surpreender. Quando o cinema começa, em nós, a mostrar a sua confortável (mas também aborrecida) faceta exclusiva de entretenimento, há sempre alguém a furar esta pacatez. Thomas Vinterberg, com A caça, fez isso.



O Cineclube trouxe-o no passado domingo. Quem o perdeu que o procure ... nem que seja em dvd.

Sem comentários: