sábado, 13 de novembro de 2010

Ter juízo

Luis-amado

A entrevista de Luís Amado hoje ao Expresso volta a mostrar o MNE português como um homem lúcido. Depois das vitórias diplomáticas que Portugal tem conseguido por sua iniciativa, Amado revela-se como um político combativo e frontal. Amado mostra aquilo que muitos já viram: o rei vai nu e Portugal não aguenta com tanta guerrilha política pois a situação é (mesmo) muito difícil.

media-efd4

Por estas e por outras via com bons olhos, depois das eleições presidenciais, um Governo de iniciativa presidencial com gente de sensibilidades diferentes, mas sobretudo pessoas sérias e competentes.

A história da coligação, com estes actores e nestas circunstâncias, parece-me impossível e desaconselhável.

Sem comentários: