quarta-feira, 9 de março de 2011

A galinha

O governo de Portugal assemelha-se a uma galinha em quem cortaram a cabeça, mas que continua a correr descontroladamente em frente, como se fosse a algum lado. E o mais grave é que há muita gente que não sabe que a galinha corre sem cabeça. E há mesmo quem me assegure que viram a galinha com a cabeça. Desgraçado o país que acredita num primeiro-ministro fanfarrão, irresponsável e descarado como este, e que é o principal responsável pela galinha que sem cabeça se dirige descontroladamente contra a parede.

O discurso de tomada de posse do Presidente da República foi suficientemente duro para que tudo fique na mesma e a galinha continue, desalmadamente a correr.

Sem comentários: