quarta-feira, 23 de março de 2011

O capacho

teixeiradossantos-pec2051730e_400x225

Os sucessivos governos de Portugal, qualquer que seja a sua base de apoio ou orientação política, têm escolhido para a pasta das Finanças pessoas de crédito que, raramente, se envolvem em questiúnculas políticas.

Ernâni Lopes foi um exemplo do que acabei de dizer, e a maioria conseguiu preservar-se da onda político-partidária para poder manter algum ascendente sobre o Governo do qual faziam parte.

Teixeira dos Santos não. Teixeira dos Santos envolveu-se e serviu de muleta às habilidades do PM ao ponto de passarmos a vergonha de não sermos confiáveis. De não falarmos verdade.

Hoje no Parlamento levantou-se quando Ferreira Leite falava e saiu. Uma falta de respeito que caracteriza a sua acção enquanto Ministro.

É dos poucos Ministros da pasta que sai, claramente, pela porta dos fundos.

Sem comentários: