quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Enquanto o pau vai e vem

 

O problema nuclear do momento – a eventual capacidade do Irão desenvolver armas nucleares – sofreu mais um revés com o assassinato de um dos seus cientistas nucleares.

Os líderes iranianos não têm qualquer dúvida em apontar os “imperialistas” e os “sionistas” como os autores do crime.

Este não é o primeiro assassinato do género.

 

Sem comentários: