sábado, 28 de janeiro de 2012

Paris in the rain

 

 

Meia-noite em Paris é uma espécie de regresso à magia da Rosa Púrpura do Cairo e é absolutamente delicioso por isso. Apesar de uma data de inutilidades que o realizador tem produzido na última década e meia – que se veem mas que não adiantam nem atrasam – ele é absolutamente incontornável a quem gosta do estilo e do humor que lhe faz o estilo.

Woody Allen é uma espécie de amigo que se vai acompanhando. Umas vezes com gozo, outras com desilusão e outras, como esta, com prazer.

Sem comentários: