terça-feira, 29 de junho de 2010

The turkish guy

 

Retive, à parte do entusiasmo da nossa selecção, dois momentos paradigmáticos.

Asamoah Gyan USA

No dia do jogo Gana-EUA encontrei, por todo o lado, um apoio genuíno e empenhado dos sul-africanos à selecção do Gana. Em toda a parte, brancos, negros ou indianos, roíam as unhas e exultaram com o golo de Asamoah no 2-1 sobre os EUA. A ideia comum é África: “somos por qualquer equipa africana, somos África”, maugrado a eliminação dos Bafana Bafana.

24-oezil

Uns dias antes no último jogo do grupo D – a Alemanha contra o mesmo Gana – perguntou-se a um alemão quem havia marcado pela Alemanha. Com todo o desprezo do mundo respondeu:

“The turkish guy”.

Maneiras distintas de ver o Mundo e o futebol.

Sem comentários: