sábado, 11 de dezembro de 2010

La Liga

Real_Madrid_-_Valencia

Apesar de ser fã incondicional do futebol italiano e um 1º dezembrista ferrenho, tenho acompanhado com mais atenção o campeonato espanhol de futebol. Tal se deverá a Mourinho e ao Cristiano que trabalham na equipa que mais simpatizo há anos. A léguas do Barcelona.

Tenho presenciado, além da qualidade dos jogos, a um conjunto de pequenos grandes gestos que me têm agradado. O esforço que os presidentes do Real e do Barcelona fizeram por publicamente esvaziarem o clima de tensão antes do “memorável” Barça-Real, ou o pontapé de saída de Vargas Llosa no Real-Valência, são bons exemplos desses grandes gestos.

Os espanhóis, ou os povos de Espanha, sempre souberam “vender” a sua cultura, a sua gastronomia, o seu Cervantes. Fazem-no também no futebol. Não por qualquer golpe de marketing, creio, mas porque efectivamente gostam daquilo que têm.

Sem comentários: